Q2 - Papel Big Data Storytelling

Q2 - Qual papel do Big Data na conceção de estratégias criativas de storytelling?


Resposta à pergunta


Existem diferentes maneiras de contar uma história.

Em Big Data chamamos de “Data Storytelling” ou a história que os dados contam ou querem nos contar.

Para chegar até uma história de dados a ser contada é preciso que especialistas de Big Data e Análise de Dados tenham percorrido um longo processo resumido em 6 etapas.


São elas:


Etapa 1- Formule as perguntas corretas

Procure identificar o problema sobre os dados e descreva os ingredientes que o compõem para posterior análise de dados.

Etapa 2 - Obtenha os dados necessários para responder as perguntas

Dados serão capturados para análise de vários locais como arquivos empresariais, redes sociais, planilhas, banco de dados, armazéns de dados, Internet, telemóveis, Internet das Coisas, entre outros.

Etapa 3 - Explore os dados

Descreva e explique a importância dos dados escolhidos.

Processe, limpe e os transforme. Identifique métodos para análise preliminar comparando, cruzando, visualizando e observando.

Avalie se oferecem informações novas, diferenciadas, se apresentam anomalias ou informações para novas ideias de negócios.

Etapa 4 - Faça uma análise dos dados

Utilizando técnicas estatísticas e de análise de dados construa modelos que possam responder as perguntas iniciais.

Etapa 5 - Explique o que encontrou

Forneça relatórios do que encontrou, dos insights gerados a partir dos dados e utilize técnicas de apresentação para comunicar resultados.

Recorra ao Data Storytelling e construa narrativas a partir dos conhecimentos obtidos para explicar o que os dados estão dizendo e o que pode significar para a empresa e as pessoas envolvidas.

Etapa 6 - Transforme insights em ações

Vá para o mercado e conecte os resultados adquiridos em ações práticas de negócios para testar e obter resultados empresariais.

Recorra ao Marketing para desenvolver novas histórias de dados que possam ser comunicadas ao público sobre os produtos de dados desenvolvidos a partir dos projetos de Big Data.


Papel de Big Data no processo criativo

As etapas descritas são realizadas por especialistas em Big Data que num determinado momento vão explicar aos acionistas (stakeholders) a importância das descobertas sobre os dados.

As apresentações ocorrem na Etapa 5 para explicar o que foi encontrado nos dados e o que representa em termos de melhorais empresarias.

É quando os resultados de Big Data começa a sair da mão dos especialistas sendo democratizados para a empresa mostrando o que pode ser feito com as descobertas sobre os dados.

Nesta etapa os cientistas de dados utilizam software de visualização de dados como o Tableau para apresentar as descobertas sobre os dados de forma gráfica e visual para todos entenderem.


Na Etapa 5 entra o Data Storytelling

É o momento onde a narrativa de dados faz todo o sentido e surge em Big Data como uma nova forma de convencimento dos envolvidos.

O software Tableau incluiu um módulo de Data Storytelling par facilitar a apresentação final.

Etapa 5 é o ponto de inflexão no processo onde a criatividade deve se valer do Data Storytelling para convencer os interessados sobre as descobertas que podem otimizar processos e abrir novos mercados.

Quando o produto derivado das descobertas de dados for para o mercado o Marketing pode vir fazer uso mais intensivo das narrativas de dados para divulgação e comercialização do produto.


Conclusão

Big Data exerce papel fundamental nas estratégias criativas de Data Storytelling fornecendo elementos para a construção das narrativas com dados objetivando divulgar e popularizar os produtos de dados.

Insights ou descobertas sobre dados serão a base do desenvolvimento das narrativas de dados no processo criativo.